Curta nossa página no facebook.

Dicas para o cuidado com o bebê.

imagem: soalagoas.info

Depois da chegada do nenê, as mudanças e as alegres descobertas continuam 
transformando cada dia em momentos inesquecíveis de sua vida.

Primeiros Cuidados com o bebê

Depois da chegada do nenê, as mudanças e as alegres descobertas continuam transformando cada dia em momentos inesquecíveis de sua vida. Psicologicamente podemos dividir a gravidez em 4 trimestres, três de gestação e um de adaptação da mãe, pai e bebê. Fique tranqüila, pois o cuidado e atenção são fundamentais para dar mais segurança ao bebê. E rapidinho você vai ver que tem muito mais habilidade nos cuidados com ele do que imaginava. Esta intensa relação contribui para a construção do vínculo dos pais com o bebê.

Troca de fraldas

É importante trocar a fralda sempre que estiver molhada ou suja para evitar assaduras e manter seu nenê sempre confortável.

Veja algumas dicas práticas para fazer da troca de fraldas um momento
tranqüilo e prazeroso para você e para o bebê:

 Prepare todo o material antes de iniciar a troca, cheque tudo
o que vai precisar e lave bem as mãos;

 Aproveite esse momento de intimidade para conversar com o seu bebê dizendo a
ele o que será feito, ou cantar, transmitindo confiança e carinho;

 Escolha uma fralda de boa qualidade e preferencialmente
sem perfume, para evitar possíveis alergias;

 Limpe a pele em movimento único, de cima para baixo (ou de frente para trás), para evitar a contaminação da uretra com resíduo de fezes. Use água morna e algodão, limpando bem as dobrinhas do bebê;

 Na hora de enxugar, utilize uma toalha macia e faça movimentos delicados, sem esfregar a pele do bebê. Assim, ele fica sequinho, evitando possíveis assaduras. Prefira produtos de fácil aplicação e remoção, mais suaves para a pele sensível do bebê;

 Aproveite as trocas de fraldas para olhar atentamente a pele do seu bebê. Pomadas que formam uma camada protetora e transparente auxiliam no acompanhamento visual da saúde da pele, recomenda-se o uso de uma pomada antiassaduras hipoalergênica (que não possua perfume, corantes e conservantes);

 A fralda deve ficar ajustada na cintura do bebê com uma folga de 1 dedo, assim
ele fica sequinho e confortável por mais tempo;

 Antes de colocar a roupa no bebê, não se esqueça de higienizar as mãos. Para ser mais prático e não deixar o seu bebê sozinho você pode utilizar álcool em gel.

A hora do banho

No banho o mais importante é a segurança e o prazer do bebê e da mãe! Não existe uma "receita" feita para este momento ou uma técnica mais ou menos indicada. Algumas dicas para esses primeiros banhos facilitam bastante o processo.

 O melhor horário é aquele que se adapta a rotina da casa, escolha um período em que você possa dedicar-se somente ao banho, sendo recomendável dar o banho sempre no mesmo horário, para criar, aos poucos, uma rotina na vida do bebê;

 Prepare o banho: organize todos os materiais necessários (sabonete neutro, hastes flexíveis de algodão, algodão, toalha, escova macia, pomada antiassaduras, fralda e as roupas do bebê na seqüência em que será vestida) e lembre-se de prender o cabelo e de retirar pulseiras, relógio e anéis para evitar machucar a pele do bebê, que é muito delicada;

 O ambiente deve ter temperatura estável, sem corrente de ar;

 O banho pode começar pelo rosto, lavando somente com água e, a seguir,
a cabeça e o resto do corpo com sabonete neutro;

 Lave o coto umbilical e ao redor com sabonete neutro durante o banho. Seque muito bem após o banho, preferencialmente com uma toalha absorvente, com cuidado e suavidade. Recomenda-se fazer o curativo do coto umbilical e sua base de acordo com as orientações do hospital ou do pediatra;

 Quando terminar o banho, não esqueça de fazer a higiene da banheira.

Amamentação

A amamentação é um processo de aprendizado entre mãe e bebê nos primeiros dias de vida. Existem diferentes orientações e condutas referentes à amamentação e o mais importante é seguir a orientação do seu médico, pediatra ou profissional capacitado no atendimento à amamentação. É recomendado a amamentação exclusiva por 6 meses e, após esse período deve-se introduzir, paralelamente, novos alimentos. Se for necessário optar por outra forma de alimentar seu bebê, procure conhecer as vantagens e desvantagens de cada opção para sentir-se segura.

O importante é que você e o bebê estejam saudáveis e sintam-se bem e felizes.

 Você e seu bebê precisam de conforto e tranqüilidade nesse momento. Procure uma posição confortável. Seja qual for a posição escolhida, o bebê deve ficar encostado em seu corpo e a cabeça apoiada em seu braço, para levá-lo facilmente ao seio. Cuidado: o corpo do bebê não pode ficar na posição horizontal, pois favorece o aparecimento de dor e fissuras;

 O bebê tem de estar calmo e em alerta;

 Depois de escolher a melhor posição, faça um "C" unindo os dedos de uma das suas mãos e o inverta. O polegar deve ficar na porção superior da mama e os outros dedos unidos, na porção inferior. A boca do bebê deve estar alinhada ao mamilo;

 Espere o bebê abrir bem a boca e leve-o na direção da mama;

 Espere o bebê sugar algumas vezes e solte a mão que apoiava a mama;

 O bebê precisa abocanhar a maior parte da aréola. Na pega correta, os lábios devem estar voltados para fora como uma "boca de peixe". Os músculos da face precisam realizar o movimento de ordenha;

 O bebê deve mamar em livre demanda, ou seja, sempre que quiser. No início é recomendado amamentar o bebê de 8 a 10x/24h. Eles mamam cerca de quinze a vinte minutos em cada seio, mas a duração da mamada varia de bebê para bebê.

Além das trocas de fraldas, do banho e da amamentação, outros cuidados fazem parte da rotina de higiene do bebê. Veja mais algumas dicas abaixo.

Umbigo

É importante manter limpo o coto umbilical, principalmente sua base, que pode acumular secreções. Procure efetuar a higiene com a freqüência recomendada pelo pediatra, geralmente até 3 vezes ao dia são suficientes. Quando a limpeza for feita na troca de fraldas, limpe primeiro o umbigo e depois finalize a troca do bebê. Recomenda-se a utilização de álcool 70% e hastes de algodão. Procure não encharcar a região com o álcool para que seque mais rápido. O coto umbilical leva em média entre 1 e 2 semanas para cair, e a desinfecção da região deve ser feita por mais alguns dias, até o pediatra autorizar a parada. Fique tranqüila ao fazer a limpeza por mais delicada que seja a região, pois o bebê não sente dor nesse tecido, que não tem sensibilidade e já perdeu sua função.

Orelhas

Assim como os adultos, os bebês produzem placas de cera que são defesas naturais do organismo. As hastes de algodão foram desenvolvidas para secar a parte externa da orelha. Nunca insira a haste de algodão no ouvido para evitar riscos de lesões internas. Para manter as orelhas do bebê limpas, aproveite à hora do banho para higienizar a parte de trás e, após o banho, seque bem a parte externa com a toalha macia.

Mãos e Unhas

Mantenha as mãos do bebê sempre limpas, pois constantemente vão à boca. Sempre que forem molhadas, seque bem entre os dedos para evitar possíveis rachaduras nesse tecido sensível. As unhas devem estar sempre limpas e curtas, evitando arranhões. Nos primeiros dias, por serem bem molinhas, você pode somente lixá-las, e conforme forem adquirindo mais firmeza, podem ser cortadas com tesoura sem ponta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Saiba mais clicando aqui.
Ocorreu um erro neste gadget